Estilo de decoração, Quarto, Sala de Estar, Sem categoria

Boiserie – O elegante revestimento.

Esse clássico revestimento de origem francesa, é muito elegante e deixa qualquer ambiente com ar de sofisticação. A boiserie foi criada no seculo 18 e nada mais é que molduras em relevo para enfeitar paredes ou portas.

Muito usada nas decorações clássicas como nas imagens a cima, a boiserie hoje também é muito utilizada em diferentes tipos de decoração. O cuidado é não sobrecarregar o ambiente já que ela deixa o ambiente marcante. Ela serve para emoldurar objetos, compor quadros, e fica extramente linda se usada sozinha.

A boiserie no inicio era feita por carpintaria, na versão clássica em madeira. Hoje ela também é utilizada em diferentes tipos de materiais como: gesso, cimento e até isopor.

As paredes com cores dão um destaque especial a boiserie, fica um charme!

As molduras pode ser colocadas de diversas formas. Pode ser na parede inteira, de tamanhos diferentes, apenas em meia parede. E também não precisa ser em ambientes grandes, em ambientes pequenos pode ser usada desde que a moldura seja proporcional ao tamanho da parede.

Usada em escadas, corredores , escritórios, hall de entrada, closset, home office, quartos…

Em quartos fica extremamente aconchegante. Muito usada também em decorações de quartos de bebê e meninas.

Nos quartos de bebê é muito usado o boiserie por ser uma acabamento delicado.

A pintura da parede e da boiserie na mesma cor fica mais leve e melhor funciona para dar destaca ao relevo. Mas a moldura pintada em cor diferente da parede pode ser usada, porem deve ter cuidado para não sobrecarregar o ambiente.

Veja Mais

Sem categoria

Priscila Prestes

Arquitetura não constrói só coisas. Ergue sonhos e sustenta lembranças

Veja Mais

Arquitetura, Banheiro, Cozinha, Estilo de decoração, Lavabo, Sem categoria

Azulejo de metrô ou Subway Tiles.

Aqueles azulejos retangulares usados nos metrôs de grandes metrópoles como New york, Paris e Londres são os queridinhos da vez. Eles estão sendo muito usados nos projetos de banheiros e cozinhas por ai…


Você pode até nunca ter ouvido falar dele, mas com certeza já viu ele em alguma imagem. Essa forte tendencia chegou já algum tempo e virou o queridinho. O mais usado é branco, que pode ser combinado com o rejunte na mesma cor. Dessa maneira fica mais leve, e também mais claro.

Tem quem goste do azulejo branco com rejunte preto. Esse é bastante usado, pois lembra as instalações de lofts.

Outro muito procurado é o todo preto. Veja nas fotos abaixo como ele fica um charme tanto na cozinha, lavabos ou banheiros.

Além dos azulejos pretos e brancos, o mercado também oferece em várias outras cores.

Uma outra composição legal é usar mais de uma cores de azulejos no mesmo ambiente. Ou usar rejuntes coloridos, diferentes da cor do azulejo usado. A forma de colocação dos azulejos também pode ser variada, tanto na horizontal, vertical, escama de peixe, dama …etc.

Veja Mais

Arquitetura, Decoração, Sem categoria

Escadas – O ponto alto da decoração.

A escada é uma importante parte do projeto, podendo facilitar ou atrapalhar todo layout de uma decoração. Elas devem ser funcionais, adequar nas medidas e fazer seu papel de subir e descer com segurança.

Algumas escadas são o ponto alto da arquitetura, sendo o destaque de todo ambiente. Veja algumas modelos abaixo:

Em ambientes menores o tamanho e proporção da escada tem que ser proporcional ao ambiente, porem a medida padrão do degrau tem que ser a mesma. Os modelos retos ou em L são bastantes usados em locais pequenos.

As escadas em formato de caracol também são bastante usadas em ambientes pequenos.

Escadas que tem uma inclinação maior que o padrão, deve se ter maior cuidado ao usa-la. Esse tipo é usada em projetos para ter maior aproveitamento do espaço, geralmente em casa para solteiros ou casal jovem. Em ambientes com muitos moradores, principalmente que tenha crianças ou idosos, não se deve ser usada esse tipo de escada para evitar acidentes.

Algumas escadas são verdadeiras obra de arte, e tem um destaque maior no ambiente. O acabamento com matérias nobres, iluminação especial, ou mesmo uma curvadura diferenciada, faz dessas peças uma escultura arquitetônica! Vale conferir alguns modelos:

O guarda-corpo e o corrimão também são destaque em algumas escadas.

Existem alguns modelos de escadas mais usuais, como os modelos retos, em L, em U e espiral (caracol). A escolha depende do tamanho do espaço. Mas em qualquer um dos modelos, a criatividade para desenho e acabamentos é que vai fazer a diferença final.

Veja Mais

Arquitetos e Designers

Sergio Rodrigues

Sergio Rodrigues nasceu na cidade do rio de Janeiro em 1927, foi um grande arquiteto e designer brasileiro.
Teve o auge da sua carreira nos anos 50 e 60. Trabalhou com design de móveis de acordo com o modernismo no Brasil. Trazendo a identidade brasileira para seus projetos tanto nos desenhos, quanto nos materiais tradicionais como: couro, palhinha e madeira – exaltando a cultura brasileira e indígena.

Precursor do design brasileiro, fez história. Revolucionou a estética no País nos anos 1960, com seu estilo original de formas torneadas e generosas, Desenhou vários moveis para inauguração de Brasilia a pedido de seus contemporâneos Lucio Costa e Oscar Niemeyer.

Salão Nobre do Palácio do Planalto com poltronas Vronka, de Sérgio Rodrigues.
Seu trabalho mais famoso: Poltrona Mole -1957

A poltrona mole de 1957, feita em couro e madeira com inovações de encaixe e estofado que inspiram produtos até hoje.
Em 1974, sua ‘Poltrona Mole’, passou a integrar a coleção do Museu de Arte Moderna de Nova York. Em 2006, ele recebeu o primeiro lugar na categoria mobiliário do ‘Prêmio Design do Museu da Casa Brasileira’, em São Paulo.

Poltrona Diz
Poltrona Chifruda
Banco Mocho

“Eu costumo dizer que sou cliente de mim mesmo. Crio como se estivesse fazendo móveis para colocar na minha casa. Não sigo tendências. Faço o que quero o que tenho vontade. Mas imprimo um significado em tudo, uma poesia” Sergio Rodrigues.

Sergio rodrigues faleceu aos 86 anos em 2014.

Veja Mais

Área Externa, Decoração

Ambientes de casas de Campo

O melhor das casas de campo é o prazer de estar junto da natureza. Poder fugir do stress da cidade grande e repousar ao som dos pássaros, respirar ar puro, tomar banho de rio, ir até uma cachoeira, comer frutas direto do pé… Hum, isso faz tudo valer a pena! Ao final da estadia saímos revigorados!

Para isso o ambiente tem que ser a altura de toda a beleza que esta a volta. Casas de campo é muito gostoso de se decorar. Elas podem ser amplas ou pequenas, mas o despojamento na decoração é o mais interessante!

A madeira é um elemento fundamental em casas desse tipo. A madeira aquece o ambiente e traz aconchego.

Grandes aberturas de vidro fazem com que a natureza esteja presente quase que dentro de casa. Ampliam o ambiente, traz luz natural e claridade.

Muitos tecidos pesados, tapetes de todos os tipos, almofadas variadas, peças em couro, mobiliário robusto, madeira, muita madeira…Isso tudo é a cara de casas nas serra!


Já na área dos banheiros e cozinha quanto mais simples os acabamentos mais charmoso fica o ambiente!

O uso de pedras naturais, cimento queimado, concreto e pintura com cal dão um charme por conta da simplicidade!

E as varandas para se apreciar o nascer ou por do sol, jogar cartas por noites seguidas ou simplesmente tomar um vinho…

Espaços ao ar livre vai bem em qualquer casa, desde pequenas ou grandes. Estar próximo a natureza é o melhor!!!

Veja Mais

Sem categoria

Le Corbusier

O lar deve ser o tesouro da vida

Veja Mais

Decoração, Sem categoria

Vasos de Murano

O Murano são peças de vidro feitas a partir de sopro na hora da fabricação. O vidro de Murano é matéria-prima para diversos objetos decorativos, como vasos, cinzeiros, centros de mesa, abajur entre outros.

Por existir em diferentes cores, o material é versátil e pode ser usado em qualquer ambiente. Mesmo sendo uma peça clássica e elegante, ela se encaixa em qualquer estilo de decoração.

Essa técnica começou a ser utilizada em Veneza por volta de 1.290. Reza a lenda que um alerta de incêndio geral na região fez os artesãos se mudarem para a Ilha de Murano, na região dos lagos venezianos. Mas a versão defendida pelos historiadores é que o governo resolveu criar uma lei: todas as fábricas de vidro da cidade iriam para a ilha de Murano. Seria o único jeito de guardar um segredo fundamental para sua economia. Aos poucos, dizem relatos históricos, os artesãos foram proibidos de deixar a ilha

A história do vidro Murano no Brasil começa, de certa forma, ao sul da Itália, na ilha de Murano. Ali cresceu Aldo Bonora, um dos grandes nomes na fabricação desse tipo de vidro e responsável por disseminar a técnica artesanal por diversas regiões do mundo. No Brasil, dois garotos de Minas Gerais tiveram contato com Bonora e herdaram o conhecimento milenar que envolve desde o manuseio de instrumentos à sensibilidade para a concepção de peças únicas. Em 1962 a Cristais São Marcos foi fundada em Poços de Caldas, tendo à frente Antônio Carlos e Paulo Molinari, legítimos mestres-vidreiros que hoje exportam para mais de 40 países e já conquistaram até mesmo a terra natal do cristal tipo Murano.

Até hoje os vasos de Murano são considerados um dos objetos mais sofisticados da decoração. Tem peças multicoloridas, ambar, verde turquesa, avermelhados, pretos, leitosos, transparentes ou com aparência de mosaico…é uma infinidade de peças. O importante é dizer que são peças únicas e que o ideal na decoração é dar destaque a peça.

Para quem não quer ter uma única peça em destaque , pode se usar varias menores ou uma coleção.

Vale lembrar que as peças de Muranos legítimos possuem um selo que comprova sua autenticidade.

Veja Mais

Arquitetura, Decoração, Para conhecer

Bar do Cofre – SP

Para os que assim como eu escolhe o Bar ou restaurante pela decoração e arquitetura. Um ótima oportunidade é conhecer o novíssimo “Bar do Cofre” no farol Santander em Sampa.

O Bar do cofre – Sub Astor, fica no subsolo do Edifício Altino Arantes, que é um dos prédios mais conhecidos da cidade, hoje o espaço leva o nome de Farol Santander. O Bar funciona no mesmo local onde antigamente funcionava o cofre do banco do estado de São Paulo (Banespa).

O espaço manteve as características originais do banco.
Duas portas redondas de aço e concreto chamam atenção, pesando 16 toneladas cada uma, elas dividem a casa em três ambientes . Tudo original da época do cofre.

Nesse espaço a cima tem mais de 2.000 (duas mil) caixas onde os clientes guardavam joias, documentos e barras de ouro.

Todos os ambientes possuem cofres. Esse na foto a cima fica numa sala especial para grandes grupos, com sofá gigantesco e pequenas mesinhas.

O Bar do Cofre é administrado pelo Sub Astor, um já conhecido bar da Vila Madalena.

Subsolo do farol Santander – R. João Brícola, 24 – Centro, São Paulo

Veja Mais

Arquitetura, Decoração, Estilo de decoração, Sala de Estar

Portas – A entrada perfeita

A porta de entrada de uma residencia diz muito sobre o estilo da decoração. Ela pode ser de madeira, ferro, fibra, laqueada, alumino ou qualquer outro material, mas o mais importante é ela ter ligação com a arquitetura e a decoração do interior.

A porta é a passagem da área externa para interna de uma residencia, é o cartão de boas vindas da casa . Então vamos caprichar nesse elemento importante do projeto!

Há matérias e acabamentos variados. Uma infinidade de cores também para ousar na porta de entrada.

As portas mais modernas estão ficando cada vez maiores. Nesse caso quanto mais alto o pé-direito mais podemos ousar no tamanho da porta.

Portas de madeira ainda continuam sendo as mais cobiçadas. Com detalhes ou frisos são ainda mais lindas! Pura sofisticação a qualquer entrada!

Portas de vidro é uma clássica escolha. Muito usada com a intenção de passar claridade dando amplitude ao ambiente.


O vidro também pode ser combinado com a madeira, Fica um charme!

Mesmo em portas de modelo padrão (tradicionais). Podemos através das cores, puxadores ou um alizar de proporções maiores dar um destaque a uma entrada.

Algumas portas dizem muito do país e cultura local, os desenhos e cores e formatos são uma obra de arte! …mas esse tema vamos deixar para uma próximo assunto.

Veja Mais